No Brasil são quase 19 milhões de pessoas sofrendo sem saber como reduzir a ansiedade. Isso de acordo com a Organização Mundial de Saúde, infelizmente desconfio que esse número seja maior, ainda mais levando em conta a pandemia.

Esse problema pode ter causas profundas, por isso a importância de se buscar uma ajuda especializada não pode ser desconsiderada, no entanto, as dicas aqui apresentadas podem ajudar de forma efetiva em alguns casos e em outros, pode servir como um complemento.

Yoga e Ansiedade

Do ponto de vista da tradição de conhecimento do yoga a ansiedade é uma forma de expressão de um dos atributos da natureza, rajas, que também se manifesta em nós. Também envolve um mal entendido na forma como usamos os recursos da nossa mente como por exemplo a capacidade de antecipar situações.

E diferentemente do que se possa imaginar, o yoga não tem por objetivo eliminar por completo a ansiedade, entende-se que ela faz parte da composição da nossa personalidade, por isso o que precisamos é aprender a lidar com essa energia para usá-la a nosso favor ou pelo menos para que não nos faça mal.

Pensando em ajudar proponho aqui 10 passos extremamente simples mas que exigem algum comprometimento e uma pequena dose de força de vontade para que você encontre neles algum alívio.

Como reduzir a Ansiedade em 10 passos simples

Em cima dessa perspectiva experimente os passos a seguir que não precisão seguir a ordem apresentada, fique à vontade para implementar aos poucos dentro de suas possibilidades.

1.Beber água devagar, faça pausas ao longo do dia para beber água de forma bem lenta como se o copo d´água que está ingerindo fosse o último do planeta apreciando cada contato do líquido com os lábios, com a língua e com a garganta.

2.Reduza consumo de cafeína, não menospreze o poder dessa substância, mesmo que você considere não sentir seu efeito estimulante,procure um consumo adequado fazendo um teste reduzindo a dosagem de ingestão para verificar o resultado.

3.Antever não é prever, esteja ciente que nossa capacidade de antever as situações tende a ser pessimista, use isso a seu favor, sem cultivar o medo em relação ao pior cenário como se ele fosse necessariamente ocorrer.

Prepare-se para o pior, mas seja capaz de também imaginar o melhor e lide objetivamente com o que se apresentar.

4.Preocupe-se com hora marcada, agende um momento para pré-ocupar-se e use esse tempo para analisar as pendências, necessidades e urgências. Veja o que é prioritário fazer para resolver o que puder ser resolvido depois direcione a atenção para as ações fazendo uma coisa de cada vez.

5.Postura de equilíbrio, exercite diariamente seu foco no momento presente realizando uma postura de equilíbrio simples focando no contato dos pés com o chão, no alinhamento postural e no ritmo respiratório.

6.Respiração suave profunda e ritmada, faça uma ou mais pausas ao longo do seu dia para utilizar melhor esse recurso natural. Mesmo que por apenas 1 minuto, sente-se e explore com suavidade e sem exagero toda sua capacidade pulmonar e verifique qualidade da mente após esse breve momento.

Se quiser experimente a Sequência Respiratória para aliviar a ansiedade

7.Regule o consumo de notícias, apesar de ser importante estar informado, vale a pena refletir sobre os efeitos dessa relação no sentido de alimentar o medo e o pessimismo, ainda mais considerando que as notícias ruins sempre tem um destaque maior em todos os meios. Não tem como reduzir a ansiedade sem esse passo!

8.Regule o uso das mídias sociais, essa dica dialoga diretamente com a anterior e vai além, as redes sociais tendem a funcionar como uma atividade de natureza oposta à meditação pois estimulam a dispersão e a agitação da atenção.

9.Pratica relaxante de yoga, experimente essa sequência de prática bem simples que desenvolvi com esse intuito e também para ajudar os alunos que tem problema de insônia.
https://www.youtube.com/watch?v=tmoxNQaccpU

10.Adote um gato, um cachorro ou cultive uma horta, qualquer uma dessas opções pode ter um efeito extremamente benéfico. A relação com animais de estimação ou com as plantas tiram nossos dramas do centro e trazem à tona atitudes construtivas de cuidado, paciência e afeto incondicional.

Espero que essas dicas ajudem e ao perceber que já está conseguindo gerenciar melhor a ansiedade, paralelamente a essas ações inclua a Meditação em 4 passos para consolidar a conquista de um centro de paz independente das circunstâncias.

Abraço e harih om!
Por Gilberto Schulz

Gilberto Schulz
Últimos posts por Gilberto Schulz (exibir todos)